Navegação

Feira de Artesanato do Sebrae Pará é realizada com êxito durante Círio de Nazaré


     
Feira de Artesanato do Círio (FAC) na Casa das Artes em Belém do Pará
                                           (Foto: Rogério Almeida)


Durante a realização do Círio de Nazaré, o Sebrae Pará está realizando a 7ª edição da Feira de Artesanato do Círio (FAC), com o objetivo de promover a cultura, divulgar e comercializar trabalhos de artesãos e mestres locais, cuja produção esteja realizada a esta manifestação religiosa. 
                O rico e variado artesanato do Pará (Foto: Rogério Almeida)
  Casa das Artes com a Feira de Artesanato do Círio-FAC (Foto:Christina Hayne)
A Casa das Artes, ao lado da Basílica de Nazaré, recebeu até hoje (15/10), 20 mil peças de 62 artesãos, 12 a mais que no ano passado, dos municípios de Abaetetuba, Belém, Bragança, Salvaterra e Santarém. Em uma área climatizada de 617 m². A expectativa é que mais de 20 mil pessoas tenham visitado e feito suas compras no local. 
 Vera Lúcia Rodrigues, Coordenadora da Feira de Artesanato do Círio (FAC) Foto: Christina Hayne
Segundo a Coordenadora da Feira de Artesanato do Círio (FAC), Vera Lúcia Rodrigues,   a expectativa é de que  o faturamento dos artesãos este ano, ultrapasse R$ 300 mil. Em 2018, a Feira de Artesanato do Círio atraiu 17 mil visitantes, e arrecadou R$ 300 mil, enquanto que em 2015, foi de apenas R$ 116.893. "Acreditamos que este aumento ocorrerá ano a ano", comemorou Vera Rodrigues.
         Família unida empurra a réplica do carro de boi de Plácido José dos Santos....(Foto: Rogério Almeida)
Quem passou pela FAC pode ver a réplica do carro de boi, do caboclo Plácido José dos Santos, que quando andava pela antiga estrada do Utinga, atual avenida Nazaré, encontrou às margens do igaparé Murutucu (localizado atrás de onde hoje se situa a Basílica de Nazaré). Muita gente aproveita para tirar fotos na carroça. 
   A virgem de Nazaré na carroça de Plácido na FAC (Foto: Rogério Almeida)
Um dos destaques da Feira é a  Exposição "Círio das Águas", com barcos de miriti de diversos tamanhos e formatos, representando o Círio Fluvial, num trabalho dos artesãos de Abaetetuba.
  A Virgem de Nazaré num esboço e em trabalho ao "vivo" na madeira, pelo artesão Ivan Barros  (Foto: Rogério Almeida)
Os trabalhos expostos são feitos de materiais como miriti, fibras, cerâmicas e biojoias. Quinze mil peças são só de miriti.
A FAC é uma realização do Serviço de Apoio ás Micro e Pequenas Empresas do Pará (SEBRAE), com apoio da Prefeitura de Abaetetuba e Governo do Estado do Pará.
    Artesãs  paraenses Francinete Santana, Regina Ribeiro e Larisse Silva  com suas belas peças no Aeroporto Internacional Val-de-Cans de Belém do Pará   (Foto: Rogério Almeida)
 Além da FAC vários artesãos paraenses, estão apresentando seus trabalhos em diversos lugares como no Hotel Regente, no centro da cidade e até no Aeroporto Val-de-Cans, como Regina Ribeiro com sua arte em imagens de Nossa Senhora de Nazaré.
Compart.

Rogerio Almeida

Comente no post:

0 comentários:

Adicione seu comentário sobre a notícia